Chulé - Confira algumas dicas para acabar com esse incômodo.

Acabe com o Chulé

fio dental
Dicas para usar o Fio Dental corretamente
7 de novembro de 2017
Tipos de Repelentes de Insetos
Tipos de Repelentes de Insetos
10 de novembro de 2017
Exibir tudo

Acabe com o Chulé

acabe com o chulé

O chulé ou Bromidrose é um odor desagradável nos pés que atinge mulheres, homens, adultos, crianças e idosos. Além disso, o chulé tira o ânimo e abala a autoestima de qualquer pessoa. Viajar e dividir o quarto com os amigos é complicado, usar o vestiário da academia causa vexame e mesmo experimentar um calçado novo antes de comprar é desagradável.

O chulé acontece por causa de uma combinação de suor excessivo com bactérias. O problema pode piorar pela falta de higiene, que leva à proliferação de bactérias e fungos. O suor excessivo também pode estar relacionado a doenças como hipertireoidismo, diabetes e obesidade.

Outro fator que contribui para o chulé, é que os pés estão sempre cobertos por tênis, sapatos, sapatilhas, etc, o que faz com que o suor não tenha como se dissipar, causando uma fermentação com as bactérias presentes na pele e produzindo o mau cheiro.

A boa notícia é que existem medidas que ajudam a amenizar esse problema constrangedor.

Dicas Para Acabar Com o Chulé:

1. Lave bem os pés

Essa é uma das principais dicas. Assim como todo o corpo, os pés devem ser lavados com esponja ou bucha e sabonete. Os espaços entre os dedos precisam de uma dose extra de atenção, pois é lá que as bactérias gostam de se alojar. Esfregue bem todos os vãos. O objetivo é eliminar as células mortas da pele de seus pés. Desta forma, você vai parar de alimentar as bactérias.

2. Seque bem os pés

É importante sempre manter os pés bem secos, por isso ao sair do banho é necessário secar bem a planta dos pés e também entre os dedos, pois as bactérias tendem a se proliferar em lugares úmidos.

3. Prefira sapatos abertos e modelos que não sufoquem os pés

Quanto mais aberto ou com frestas o modelo, melhor. Eles facilitam a respiração dos pés, pois geralmente aqueles que vedam toda a entrada de ar tendem a causar mais chulé. O couro e tecidos (na superfície, no forro, na palmilha e no solado) são os melhores materiais para os sapatos no que diz respeito a evitar chulé, pois eles permitem que o suor evapore com mais facilidade. Evite calçados muito fechados e de materiais sintéticos, como borracha e plástico. Eles estimulam a sudorese e retêm toda a umidade dos pés, dando as condições ideais para o surgimento de odores ruins.

chule1

4. Use o Talco contra o Chulé

Esfregue os pés com pó de talco, ele funciona como um adstringente, para manter os pés secos. No nosso site você encontra diversos tipos de talco com preços especiais. Clique aqui e confira.

5. Mantenha seus sapatos limpos e secos

Quando você chegar em casa, tire os sapatos e mantenha-os em local arejado para secar completamente durante a noite. Sempre que possível, lave-os e certifique-se que eles estejam completamente secos antes de usá-los.

6. Use meias de algodão e não reutilize meias sem lavá-las

Meias de algodão são sempre as mais indicadas, já que esse material tem propriedades de absorver e de deixar o suor evaporar mais facilmente, diferente dos tecidos sintéticos, que não têm essa propriedade.

E evite reutilizar meias sem lavar, já que depois de usadas, as meias carregam bactérias. Se elas não forem lavadas, as causadoras do mau cheiro se espalham pelo tecido e podem chegar, no próximo uso, aos espaços entre os dedos.

7. Evite usar o mesmo par de sapatos

Uma outra dica muito boa é trocar sempre os sapatos, o ideal é trocar durante o dia, mas se não for possível, é importante não usar o mesmo sapato no dia seguinte, deixando aquele par usado no dia anterior em algum lugar arejado e ensolarado.

Fonte: Saudeabril/Dicas de saúde

acabe com o chulé