Cuidados com o Bebê no Frio - Poupafarma

Cuidados com o Bebê no Frio

Saiba as diferenças entre Gripe e Resfriado
Saiba as diferenças entre Gripe e Resfriado
23 de junho de 2017
Dicas para uma Boa Nutrição Infantil
Dicas para uma Boa Nutrição Infantil
28 de junho de 2017
Exibir tudo

Cuidados com o Bebê no Frio

Cuidados com o bebê no frio

O tempo frio exige alguns cuidados especiais, principalmente com bebês menores do que um ano. Veja algumas dicas para cuidar do seu bebê no inverno.

1. Nariz limpo para prevenir alergias e infecções respiratórias

Manter o nariz do bebé bem limpo e desobstruído é fundamental para prevenir infecções respiratórias e crises de alergia. Os bebês recém nascidos quase só respiram pelo nariz, por isso, quando este fica obstruído, eles têm dificuldade em respirar.

O nariz é uma porta de entrada para agentes infecciosos, poluição, fungos, pólen e outras partículas que andam no ar e que podem provocar alergias, infecções e constipações.

Quando o clima está mais seco, aconselha-se a limpar o nariz do bebê todos os dias com soro fisiológico (prefira as embalagens descartáveis), sempre que necessário, para evitar a formação de crostas e a desidratação das fossas nasais. A limpeza deverá ser realizada antes das mamadas, para que o bebê tenha mais facilidade em alimentar-se. No nosso site você encontra Soro Fisiológico com preços especiais. Clique aqui e confira.

2. Banho no tempo frio

O banho do bebê deve ser rápido (não deve demorar mais do que 5 minutos), com a temperatura da água em torno dos 37 ºC.

Se necessário, aqueça o ambiente antes de despir o bebê e feche a porta para evitar correntes de ar. Prepare tudo o que vai precisar (toalha, produtos de higiene, fralda, roupa, etc.) e coloque no local onde vai vestir o bebê.

Se estiver muito frio e não quiser dar banho integral no seu bebê todos os dias, redobre a atenção na área da fralda que deve ser muito bem limpa.

3. Passeios

O horário menos frio é o mais indicado para dar uma voltinha com o seu bebê. Algo entre às 10 horas e às 17 horas. Evite levar o bebê para locais fechados, pouco arejados e com muita gente, como centros comerciais e supermercados.

Se alguém da família estiver com sintomas de gripe, evite o contato com o bebê para prevenir eventual contágio.

Vista-o com a mesma quantidade de roupa com que estiver vestida, pois tudo depende da temperatura ambiente, mas convém que se lembre que as mãos e os pés estão habitualmente frios, logo, para saber se está corretamente agasalhado, coloque a mão no tronco, no pescoço ou na nuca e acrescente ou retire os agasalhos em conformidade.

4. Vestir o bebê para o frio

A melhor opção é vestir o bebê em camadas, retirando ou acrescentando peças conforme a temperatura ambiente. Pode começar por um body e uns collants, uma camisola e um par de calças e um macacão ou casaco.

Prefira peças interiores em algodão para deixar a pele respirar e evitar alergias. Como os bebês perdem muito calor pelas extremidades, proteja a cabeça, as mãos e os pés.

Se ele transpirar ou se mostrar mais irritado pode estar com calor.

Vá retirando as peças até perceber que ele se sente confortável.

5. Alimentação e hidratação

A amamentação exclusiva é a melhor opção para alimentar o bebê até os 6 meses. O leite materno é o melhor alimento para o bebê, fornecendo todos os nutrientes de que necessita para crescer transmitindo, também, imunidade para combater infecções.

Com o início da diversificação alimentar, por volta dos 6 meses, o bebê irá precisar de água entre as refeições para se manter hidratado.

6. Soninho seguro e aconchegante

Depois do banho, caso seja à noite, vista o bebê para dormir também por camadas. Fralda, body, collants ou meias e, por fim, o pijama.

Mesmo no inverno, nos dias mais frios, a cabeça do bebê nunca deve ser tapada com lençóis, mantas ou cobertores para evitar que sufoque.

Deite o bebê de barriga para cima, com os pés a tocar o fundo do berço e cubra-o apenas até ao nível do tronco, para que mantenha a cabeça descoberta e livre para se movimentar.

7. Ambiente sempre limpo e arejado

O quarto do bebê deve ser arejado todos os dias, mesmo nos mais frios. Quando o fizer, retire o bebê do quarto e feche a porta para evitar correntes de ar.

Evite ter muitas pelúcias e brinquedos no quarto. Deixe apenas o essencial para evitar a acumulação de pó e ácaros, que causam alergias respiratórias.

Se o bebê está constipado, com dificuldade em respirar ou alimentar-se, pode usar um umidificador, com as devidas precauções e cuidados, para ajudar a libertar as secreções.

Também pode hidratar o nariz do bebê com uma gota de soro fisiológico, aplicada sempre que necessário.

O uso de umidificadores não é consensual, por isso, fale com o seu médico sobre a sua utilização no quarto do bebê.

Fonte: Mãe me quer

Cuidados com o bebê no frio