Novembro Azul completa dez anos com foco na prevenção - Poupafarma

Novembro Azul completa dez anos com foco na prevenção

Saúde feminina: por que é tão importante se consultar com o ginecologista
27 de outubro de 2021
Dia Nacional de Combate ao Câncer: o que você precisa saber
26 de novembro de 2021
Exibir tudo

Novembro Azul completa dez anos com foco na prevenção

Embora a ação mire seus holofotes para combater o câncer de próstata, este ano a campanha envolve a saúde masculina de forma mais abrangente para falar da prevenção das principais doenças que atingem o público masculino.

Colocar em evidência a importância em se antecipar aos problemas não é por acaso. De acordo com pesquisa do Instituto Lado a Lado pela Vida (LAL), 62% dos homens no Brasil só vão ao médico quando sentem ou percebem algum sintoma insuportável. Isso significa que muitos perdem as chances de se curar por falta de acompanhamento. Então, é hora de mudar esse cenário!

O câncer de próstata e a importância da prevenção

Estima-se que 11% de todos os brasileiros vão desenvolver câncer de próstata e, assim como acontece no câncer de mama para as mulheres, o diagnóstico precoce ajuda muito na cura da doença. Em 2020, o câncer de próstata foi identificado em mais de 65 mil homens. Por isso, a recomendação é de que todos os homens, mesmo sem fatores de risco, visitem um médico a partir dos 50 anos. Neste ano, a novidade é a criação de um canal telefônico gratuito (0800-2222224) para que os homens liguem e tenham acesso a conteúdos sobre cuidados com a saúde e, principalmente, acolhimento e escuta. Também foi desenvolvida uma plataforma digital batizada de Paciente 360, que conta com respostas para dúvidas sobre o tema.

Fatores de risco e monitoramento constante

Para obesos e homens que já tiveram casos de câncer de próstata na família, ir ao médico é indicado a partir dos 40 anos. A razão é simples: o câncer de próstata se desenvolve silenciosamente e só apresenta sintomas, como dor ao urinar, quando está em estágio avançado, o que reduz as chances de cura. Por isso, o acompanhamento periódico com o exame de sangue (PSA) e, quando necessário, o exame de toque podem salvar milhares de vidas.

Homem como protagonista da sua saúde

A importância de uma campanha como essa está diretamente ligada à conscientização com informações claras, educativas e que deem aos homens conhecimento e ferramentas para que eles possam aprender a cuidar da própria saúde ativamente. Por isso, outras doenças também merecem atenção, como as cardiovasculares e até mesmo o câncer de pênis que, embora seja raro, também precisa de auxílio médico para ser tratado. O fato é que o remédio mais importante para todas essas doenças é a informação para prevenir os problemas. Assim como o homem se preocupa com a revisão do carro para evitar que ele pare na estrada, precisa também ir ao médico e acompanhar seu corpo continuamente.

Cuidado com o corpo e  mente

Além de todas essas doenças e a preocupação com a prevenção, há uma outra barreira que precisa ser derrubada em relação à saúde masculina: os cuidados com a mente. Durante a pandemia, os distúrbios mentais como ansiedade, depressão e síndrome de burnout se intensificaram e já se tornaram até alvo de preocupação das empresas. No entanto, muitos homens ainda resistem em procurar ajuda de especialistas mesmo quando percebem que seu estado emocional piorou e pode estar comprometendo sua rotina, com impactos negativos também para o corpo.